ISCTE Business School

Media

Esta área é dedicada aos Media e a todos os interessados em obterem informação sobre a ISCTE Business School.

Mestrado em Gestão da ISCTE Business School é dos que garante um maior aumento percentual do salário

Mestrado em Gestão da ISCTE Business School é dos que garante um maior aumento percentual do salário


O mestrado em Gestão de Empresas da ISCTE Business School é um dos dez melhores a nível mundial a garantir aos alunos um maior aumento de salários. Está no top 5 dos cursos com mais mulheres inscritas e possui ainda, a nível nacional, o tempo mais reduzido para a recuperação do valor da propina com base no salário atual dos graduados. É o terceiro ano consecutivo que marca presença no ranking do Financial Times.


O mestrado em Gestão de Empresas da ISCTE Business School (IBS) é o 9º.  a nível mundial a garantir um maior aumento percentual do salário (Salary Percentage Increase), segundo o ranking do Financial Times, um dos mais importantes rankings internacionais de escolas de gestão. O mestrado é o melhor classificado a nível nacional neste indicador e subiu 32 lugares em relação ao último ano. 
“A ISCTE Business School está a consolidar o seu lugar entre as escolas de topo a nível mundial”, afirma Maria João Cortinhal, Dean da ISCTE Business School. “Os estudantes da nossa escola têm conseguido garantir uma excelente progressão das suas carreiras, o que se reflete no aumento percentual dos seus salários, como se pode verificar no ranking do Financial Times”.  O mestrado em Gestão de Empresas da ISCTE Business School destaca-se também no indicador de recuperação do investimento académico (Value for Money Rank), obtendo a 30ª posição a nível mundial, pois os preços competitivos do programa permitem que os graduados recuperem o investimento académico numa janela temporal muito reduzida. 
Outro dos pontos em que o mestrado da ISCTE Business School se distingue é no número de estudantes do sexo feminino. Entre os estudantes que ingressam o curso, 67% são mulheres. Estes números colocam a ISCTE Business School na 5ª. posição a nível global. “Estamos a formar cada vez mais mulheres para serem gestoras de excelência e tornarem-se numa presença mais habitual nas administrações”, afirma Maria João Cortinhal. 
A ISCTE Business School garante o seu lugar no top 100 dos melhores mestrados em Gestão pelo terceiro ano consecutivo. O ranking contempla 17 indicadores que avaliam a qualidade da escola e do mestrado em três principais dimensões, nomeadamente no progresso de carreira dos graduados, na diversidade da escola, e na experiência e investigação internacional. Este ranking é liderado por St. Gallen, com a HEC Paris e a Essec Business School a fecharem as três primeiras posições. 
De forma a ser elegível, as escolas têm de respeitar diversos requisitos, sendo o mais importante a detenção de uma das duas principais acreditações internacionais de escolas de gestão (AACSB ou EQUIS). A IBS obteve a AACSB há três anos.

About ISCTE Business School (IBS).

A IBS é uma das escolas de gestão líderes em Portugal com 175 docentes e cerca de 3.500 estudantes inscritos em 23 programas, dos quais 6 licenciaturas, 12 mestrados e 5 doutoramentos. A Escola é reconhecida nacional e internacionalmente pela sua proposta de valor: excelência na aprendizagem e na investigação num ambiente multicultural, ligações sólidas ao tecido empresarial, e liderança no empreendedorismo e inovação. A sua missão é a seguinte: através do ensino, investigação e interação com a comunidade, a IBS contribui para o desenvolvimento de conhecimentos e práticas de gestão, e prepara e desenvolve gestores e líderes para terem um impacto positivo nas organizações e na sociedade, num mundo globalizado. Para mais informações consulte http://ibs.iscte-iul.pt/.

About Financial Times Rankings.

O Financial Times Rankings é um comité de rankings internacional para escolas de gestão de topo mundiais que avalia programas e escolas e lista os melhores programas de gestão disponíveis. São publicados anualmente 7 rankings, relacionados com MBA, EMBA, Mestrados em Finanças, Mestrados em Gestão e MBA’s Online, e ainda programas executivos não conferentes de grau. Existe também um ranking, publicado no final de cada ano, com ma classificação das escolas de gestão europeias de topo. As tabelas interativas de rankings proporcionadas pelo Financial Times Rankings permite a pesquisa por escola, ordenada por critérios de seleção e localização. Os programas são avaliados por uma multiplicidade de critérios, incluindo salário médio após a graduação, período de retorno do investimento e a última classificação. Para mais informação consulte http://rankings.ft.com.