Introdução

Poderá encontrar aqui os livros que têm sido publicados pela comunidade da Iscte Business School, em toda a sua diversidade - das publicações científicas às de ficção, nesta lista ficará a conhecer o universo literário da autoria de docentes, alumni ou de outras personalidades ligadas à nossa comunidade.

Caso tenha conhecimento de alguma publicação que não se encontre nesta listagem, basta enviar a respetiva informação para marketing.ibs@iscte-iul.pt!

Boas leituras!

Apocalipse Apócrifo | Professor Rui Vinhas da Silva
a

Depois de "Porque não cresce a economia portuguesa?" , lançado a 13 de fevereiro de 2019, o Professor Rui Vinhas da Silva lança um novo livro fora das fronteiras da análise económica e da competitividade das empresas.

Uma ficção histórica e alternativa que é uma viagem sobre o sentido da vida, um diálogo intenso entre a liberdade e os grilhões do dogma, uma alegoria de libertação do indivíduo em busca de sentido, a ânsia profunda de liberdade e de amor como imperativos de existência e o condicionamento social e institucional que o sufoca.

"É sobretudo uma viagem sobre a hipocrisia institucionalizada, a mediocridade legitimada e de como nos podemos rir disto tudo, se tivermos viajado… o suficiente."

Em Caso de Dúvida, Escolhe o Que Te Faz Feliz | Manuel Clemente
a

Sermos nós próprios pode parecer simples, mas nem sempre é fácil.


Desde que nascemos, fomos profundamente condicionados e totalmente formatados. Somos o resultado de uma sociedade regida pelo medo e pela ignorância, e a empatia é sinal de vulnerabilidade e a bondade facilmente se confunde com fraqueza.

Dizem-nos que não corramos riscos, que não fujamos à regra e que façamos o que é suposto. Mas e se tudo isto não passar de uma tremenda mentira?
Porque será que a maior parte das pessoas não vive satisfeita com a vida que tem e sente-se perdida ou sofre com medo de arriscar?
Através da sua experiência pessoal e depois do êxito do seu primeiro livro, Se Sentes, Não Hesites, Manuel Clemente convida-nos a ver o mundo através de uma lente mais nítida, pragmática e otimista. Motiva-nos a respeitar a nossa essência, a relativizar os receios que nos bloqueiam e a aceitar a vida como uma enorme sala de aula.

Manuel Clemente é formado em Gestão e Engenharia Industrial pela Iscte Business School.  

Knowledge, People, and Digital Transformation - Approaches for a Sustainable Future | Professora Florinda Matos (Coordenadora)
a

Os impactos da transformação digital na sociedade em geral, e particularmente na vida das pessoas, são objeto de crescente debate nos domínios das políticas públicas, investigação e indústria. Este livro explora os desafios dessa nova revolução, identifica soluções e demonstra como a gestão do conhecimento pode permitir o processo de transição associado à transformação digital, guiado pelos princípios da sustentabilidade.

Apresentando contribuições de especialistas de diversas áreas científicas - em tópicos que vão desde a transformação digital da gestão do conhecimento no setor público, até a criação de cidades, regiões e países inteligentes e sustentáveis, e do uso da IA ​​para modelos de negócios e segurança alimentar - fornece um discurso abrangente sobre os impactos da transformação digital no emprego, educação, governança, vida social, sustentabilidade, valores, economia e democracia.

Mercados de Arte | Professora Alexandra Fernandes
a

Desde o início do novo milénio que o volume de negócios dos mercados da arte quase triplicou, movimentando anualmente cerca de 70 mil milhões de dólares em todo o mundo. Este crescimento, porém, tem-se baseado mais no aumento do preço de um número limitado de obras de arte, produzidas por um número ainda mais limitado de artistas, do que no alargamento da quantidade de obras transacionadas, evidenciando que os mercados da arte estão cada vez mais polarizados, e desproporcionais, entre o topo e a base. São questões como esta que se analisam neste livro, estudando os mercados da arte nos seus aspetos teóricos e práticos, explicando fenómenos como a concentração em artistas blue chips ou a relação entre os cânones artísticos e a arte do presente.

Este livro interessa a quem pretender conhecer a estrutura, a dinâmica e as principais tendências dos mercados da arte globais da atualidade, bem como a sua história. Destacando a relevância da dimensão económica do fenómeno artístico, os autores analisam o modo como questões de ordem material interagem com a dimensão estritamente cultural e artística das obras de arte. Os autores consideram, e assumem, que os aspetos económicos presentes nos processos de produção, promoção e comercialização das artes plásticas constituem uma variável tão relevante quanto outras para se compreenderem as condições que envolvem a criação artística, a sua validação e o seu consumo.

Esta obra destina-se a estudantes de história da arte, de belas artes e de outros cursos ligados às indústrias criativas. Mas é também um livro com muito interesse para todos aqueles que trabalham nos mercados da arte, para os colecionadores e para todas as pessoas que queiram aprender como funcionam os mercados da arte. "

A Professora Alexandra Fernandes é diretora da Licenciatura em Gestão da Iscte Business School e Diretora do Mestrado em Mercados de Arte da Escola de Sociologia e Políticas Públicas do Iscte.

Mercator 25 Anos - O Marketing na Era Digital | Professor Pedro Dionísio e Professor Vicente Rodrigues
a

A primeira edição do "Mercator" foi lançada em Portugal em 1992.
Vinte e cinco anos depois, e muitas edições mais tarde, aquele que é o manual de referência, a nível académico e empresarial, do marketing na sua globalidade (teoria e prática) está de volta com uma nova edição actualizada e com dois novos capítulos («25 anos de marketing em Portugal» e «Marketing digital»).

O Professor Pedro Dionísio é diretor da Licenciatura em Gestão de Marketing na Iscte Business School e da Pós-graduação em Marketing Desportivo na Iscte Executive Education. O Professor Vicente Rodrigues é atualmente director do Executive Master in Marketing Management na Iscte Executive Education e responsável de diversas unidades curriculares dos Programas de Licenciatura e Mestrado da Iscte Business School.

Por que não cresce a Economia Portuguesa? | Professor Rui Vinhas da Silva
a

Uma viagem à competitividade das boas empresas de Portugal.

Porque não cresce a economia portuguesa? Perguntam-me ao saber do título deste meu livro porque razão afinal não cresce a economia portuguesa? Afinal é essa a pergunta que está feita de forma explícita na capa deste livro.

Haverá uma receita mágica para o crescimento da economia de um país? Creio que não. Creio que a vida nunca é assim tão simples.

Mas, e se fosse? Se houvesse um padrão, um roteiro para o crescimento económico, como seria? O que conteria?

Com este pensamento parti para a aventura de percorrer anos de relatórios de Competitividade Global do World Economic Forum, rankings de exportações e de atração de Investimento Direto Estrangeiro e comecei a cruzar os dados. Verifiquei que os países mais competitivos são quase sempre os mesmos, e também são esses os que mais exportam e que mais atraem IDE.

Pensei então: o que têm estes países em comum que os outros não têm? E a viagem levou-me a conclusões muito curiosas, muitas delas inesperadas.

O livro é também uma viagem real ao mundo das boas empresas de Portugal, que fiz enquanto Presidente do COMPETE 2020 em 2015 e 2016.