Notícias

media • 06 dez 2021
Iscte Business School reintegra lista das melhores escolas de Gestão da Europa

A Iscte Business School volta a fazer parte do ranking europeu publicado pelo Financial Times, tendo protagonizado a maior subida salarial a nível nacional de entre as quatro escolas portuguesas presentes. “Os resultados do Financial Times são um nítido indício do empenho que a Iscte Business School mantém para com os seus estudantes e para com os seus stakeholders, traduzido pela qualidade da investigação e formação nas áreas de Gestão e Economia aliadas à sustentabilidade e à responsabilidade social empresarial”, afirma Maria João Cortinhal, Diretora da Iscte Business School.

A Iscte Business School (IBS) alcançou a 77ª posição no Financial Times European Business Schools Ranking 2021 – a lista das 95 melhores escolas de Gestão europeias. Esta distinção culmina num ano de sucesso ao nível dos FT rankings, depois de a escola ter alcançado, em junho deste ano, a 51ª posição na lista dos melhores mestrados em Finanças e, em setembro, a 86ª posição na lista dos melhores mestrados em Gestão da Europa.

 

O ranking da Financial Times European Business Schools de 2021 é constituído por uma média ponderada dos resultados alcançados em diferentes categorias: Masters in Management, MBA, Executive MBA e Executive Education.

Segundo a lista hoje apurada, a Iscte Business School distingue-se pelo aumento de 86% no salário médio anual dos mestres em Gestão de Empresas, correspondente ao 6º maior incremento a nível europeu. Realça-se também como uma das escolas com maior equilíbrio de género no corpo docente (48% do sexo feminino) e pertence ao grupo restrito das escolas em que 99% ou 100% dos docentes possui habilitações ao nível do doutoramento. O Executive MBA do Iscte Executive Education destaca-se na 61ª posição, logo atrás do programa conjunto das portuguesas Católica Lisbon SBE e Nova SBE, na 59ª posição.

 

De acordo com Maria João Cortinhal, Diretora (Dean) da Iscte Business School, “Os resultados do Financial Times são um nítido indício do empenho que a Iscte Business School mantém para com os seus estudantes e para com os seus stakeholders, traduzido pela qualidade da investigação e formação nas áreas de Gestão e Economia aliadas à sustentabilidade e à responsabilidade social empresarial.”


 

About Financial Times Rankings. O Financial Times Rankings é um comité de rankings internacional para escolas de gestão de topo mundiais que avalia programas e escolas e lista os melhores programas de gestão disponíveis. São publicados anualmente 7 rankings, relacionados com MBA, EMBA, Mestrados em Finanças, Mestrados em Gestão e MBA’s Online, e ainda programas executivos não conferentes de grau. Existe também um ranking, publicado no final de cada ano, com uma classificação das escolas de gestão europeias de topo. As tabelas interativas de rankings proporcionadas pelo Financial Times Rankings permitem a pesquisa por escola, ordenada por critérios de seleção e localização. Os programas são avaliados por uma multiplicidade de critérios, incluindo salário médio após a graduação, período de retorno do investimento e a última classificação. Para mais informação consulte http://rankings.ft.com.